English Version
(11) 41078997 / (11) 98558-8579

Dr. José Carlos Garcia Jr.

Especialista em cirurgia de ombro, cotovelo e artroscopia

Home / Lesões / Cotovelo / Cotovelo do Lutador

Cotovelo do Lutador

Atendemos muitos lutadores com queixa de dor, falseio, diminuição da amplitude de movimento e lesões musculares no cotovelo e várias patologias em outras articulações como a luxação do ombro, SLAP, lesões meniscais e de ligamentos do joelho.
Nesse espaço iremos abordar essas lesões de forma que o atleta possa evitá-las ou reconhecê-las.
Muitos lutadores apresentam dor , falseio e diminuição da capacidade de flexão do cotovelo, mas esses déficits freqüentemente são deixados de lado por não serem, em geral, incapacitantes às atividades atléticas.
Alguns lutadores de Judô e de Jiu-Jitsu que atendemos não conseguiam mais aplicar o ippon-seoi-nague por esse déficit e tiveram que ser submetidos a artroscopia do cotovelo para retornarem às suas atividades no nível competitivo. Essa diminuição da amplitude de movimento e dor podem ser causados pela chave que hiperextende o cotovelo(o "arm-lock"ou "Juji-gatami"). Esse movimento feito de forma violenta ou sua repetição contínua pode causar uma cicatrização da cápsula dentro da articulação do cotovelo e lesão com cicatrização muscular na porção anterior do cotovelo. Essa é aquela dor que você sente após levar uma chave dessas.
Quando levamos uma chave em hiperextensão e há dor é aconselhável o uso de gelo por cerca de 15 minutos 4 vezes ao dia, ou a critério médico, e um antiinflamatório não hormonal, preferencialmente a base de indometacina ( nos pacientes que não tiverem úlcera ou hipersensibilidade a essa medicação). Se for muito dolorosa a lesão além dessas duas medidas deve ser imobilizado o cotovelo com uma órtese ou gesso.
Em uma pesquisa realizada por nós em atletas graduados, constatamos que aproximadamente a metade tinha deficiência na flexão em um dos cotovelos associada a chaves de braço.
Tente perceber essa lesão em você no espelho de casa.
Existe um sinal doloroso característico dessa lesão com a flexão forçada do cotovelo.
Se for incapacitante pode ser necessária artroscopia para limpeza das cicatrizações internas do cotovelo decorrentes do "arm-lock". Se não for incapacitante pode-se prevenir sua progressão com as medidas citadas acima.

Dr. José Carlos Garcia Jr. 
Ortopedista especialista em Ombro e Cotovelo do corpo clínico do Hospital Sírio-Libanês e referência em ombro e cotovelo do Hospital Moriah em São Paulo-Capital.
Médico graduado e pós-graduado pela Escola Paulista de Medicina(Federal de São Paulo).
Fellow na Mayo Clinic-Minnesotta-EUA,  Princeton-EUA, IFOR e IRCAD da Universidade de Estrasburgo-França.
Mestre em Ciências da Saúde(MSc)  pela Universidade de Liverpool-Inglaterra
Doutor em Ciências(PhD) com tese sobre aceleração da cicatrização tendínea pela USP.
Professor Coordenador do centro de estudos NÆON, serviço referendado de formação de especialistas das Sociedades Brasileira de Cirurgia de Ombro e Cotovelo e Internacional de Traumatologia do Esporte.

Atende no Núcleo de Medicina Avançada do Hospital Sírio-Libanês e no Hospital Moriah em São Paulo-Capital. Telefones de marcação: 11-41078997 e 11-985588579
Voltar