English Version
(11) 41078997 / (11) 98558-8579

Dr. José Carlos Garcia Jr.

Especialista em cirurgia de ombro, cotovelo e artroscopia

Home / Trabalhos científicos / Robótica / Anteriorização Telerrobótica do Nervo Ulnar

Anteriorização Telerrobótica do Nervo Ulnar

Anteriorização Telerrobótica do Nervo Ulnar: Publicado no Journal of Robotic Surgery Volume 5, Number 2 (2011), 153-156, DOI: 10.1007/s11701-010-0226-7, e apresentado no congresso Brasileiro de cirurgia do ombro e cotovelo de 2010 e em aula dada no congresso mundial de microcirurgia e endoscopia robótica de Orlando-EUA 2011.


Telerobotic anterior translocation of the ulnar nerve
Jose Carlos Garcia, Gustavo Mantovani, Stephanie Gouzou and Philippe Liveneaux

Abstract
The application of telerobotics in the biomedical field has grown rapidly and is showing very promising results. Robotically assisted microsurgery and nerve manipulation are some of its latest innovations. The purpose of this article is to update the community of shoulder and elbow surgeons on that field. Simple anterior subcutaneous translocation of the ulnar nerve was first experimented in two cadavers, and then performed in one live patient who presented with cubital tunnel syndrome. This procedure is the first reported case using the robot in elbow surgery. In this paper we attempt to analyze various aspects related to human versus robotically assisted surgery.

CBCOC
A aplicação da telerrobotica no campo biomedico tem evoluído rapidamente e com resultados promissores.
As microcirurgias robo-assistidas e a manipulação nervosa são algumas das mais recentes inovações da robótica médica abrindo um campo novo dentro da ortopedia e suas subespecialidades.
A proposta desse trabalho é manter atualizados os cirurgiões do ombro e do cotovelo para o campo da robótica médica.
Para tal utilizamos o procedimento de anteriorização subcutânea do nervo ulnar inicialmente em 2 cotovelos de cadáver e após isso em um paciente com síndrome do túnel cubital.
O robo utlizado foi o Da Vinci SI®(Intuitive Co.) que apresenta 2 módulos: o console do cirurgião apresenta visão em 3 dimensões, possibilidade de aumento da visão em mais de 25 vezes e um designe ergonômico. Alguns componentes podem também obedecer ao comando de voz. O segundo módulo apresenta 3 mãos robóticas e a óptica.
O procedimento cirúrgico proposto apresentou sucesso e algumas características do robô fazem da cirurgia um ato mais ergonômico para o cirurgião além de eliminar ocasionais tremores e magnificar a imagem.
Contra o uso do robô ainda temos o alto custo, a falta de mãos robóticas especiais para procedimentos ortopédicos e a perda da sensibilidade tátil.
Entretanto uma nova geração de robôs está sendo projetada para associar a sensibilidade tátil, a confrontação de exames auxiliares em 3d sobrepondo-os com imagens reais, possibilidade de acessar a internet, fazer teleconferência, pedir auxílio a outro cirurgião a distância, novos braços adaptados para as mais diversas possibilidades cirúrgicas e até mesmo a união da robótica com a navegação em próteses.
Alguns centros universitários americanos e franceses já experimentaram a possibilidade de realizar artroplastias de grandes articulações em vivos com robótica e navegação.
A Telecirurgia robótica pode ser uma opção futura de cirurgia com a diminuição de seu custo operacional e os novos avanços científicos.
 
Voltar